Pastor João Filson Soren

Pastor João Filson Soren

na época em que assumiu o pastorado da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro. Fotografia de 1935.

O templo da PIBRJ sendo construido

O templo da PIBRJ sendo construido

Comissão de construção do templo

Comissão de construção do templo

sentados: João Magalhães, Ruth Randal, F. F. Soren e F. Miranda Pinto; em pé: Theodoro Teixeira, José Villaça, Lewis Malen Bratcher, Gil Bacellar e João Filson Soren.

Interior do santuário da PIBRJ na época da inauguração em 1928.

Durante a primeira década de pastorado

Durante a primeira década de pastorado

Pastor João Filson Soren ao púlpito da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, em 1937.

Aliança Batista Mundial

Aliança Batista Mundial

O presidente da Aliança Batista Mundial, Pr. Soren, em frente ao templo da Primeira Igreja Batista do RJ tendo a fachada decorada com 72 bandeiras das nações que se fizeram representar.

Pastores Billy Grahan e João Soren

Pastores Billy Grahan e João Soren

Memorável sermão evangelístico com tradução simultânea para mais de 180.000 pessoas, na última sessão do Congresso da Aliança Batista Mundial no Maracanã, em 3 de Julho de 1960.

Celebração da Ceia do Senhor

Celebração da Ceia do Senhor

Pastor Soren ao centro com os diáconos Alexandre Paulo Klavin e Subael Magalhães da Silva, que por décadas dedicaram-se na preparação e ao serviço desse memorial nos cultos.

Monumento Nacional

Monumento Nacional

Culto Evangélico alusivo ao 21. Aniversário do término da Segunda Guerra Mundial. Foi realizado em 8 de Maio de 1966, no Monumento Nacional aos Mortos na II Guerra Mundial, RJ.

Culto de Posse de Diáconos

Culto de Posse de Diáconos

Novos diáconos são abençoados pelo Pastor João Soren no culto de posse na Primeira Igreja Batista do RJ, em 1976. Silvio Lessa Monteiro, Paulo Cabral Pimentel, José Carlos Senna Dias, Isidro Ducraux Nunes e Jairo Pereira da Silva.

Galeria

clique sobre a foto para obter informações

 

O PASTOR    A IGREJA    SUAS OVELHAS​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

 

Integrantes do primeiro projeto missionário L.M. Bratcher, realizado em Itacajá TO e Estreito MA, sob a coordenação de César Augusto da Silva, no ano de 1972

Integrantes do Projeto missionário L.M. BRATCHER, após o culto, antes da partida para Itacajá no ano de 1982. Pr. Paulo Seabra, Pr. João Soren e coordenador Benjamim Abreu.

40 Anos de Pastorado. Pastor João Soren em Janeiro de 1975

O Coro da Igreja atuando no culto de aniversário da PIBRJ, domingo 30 de agosto de 1964.

Coro da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, atual Coro Eclésia, atuando no culto da igreja sob a regência de Marilia Soren.

Coro da PIBRJ, após o culto de aniversário da Igreja. Domingo 30 de agosto de 1964. Regente Marilia Soren.

Preparação para o culto de posse dos novos diáconos Moacyr Duarte Passos, Lincoln A. A. de Oliveira, Leopoldo Silva, Leonardo Maia, Josué Pimentel e Alexandre Paulo Lachnit.

Coral Nicéa Soren. Mais de cem jovens participam do culto em uma Cantata de Natal. Dezembro de 1984.

Os Coreutas, coro falado em estilo grego. Direção de Wilma Barbiratto.

Os Coreutas: Lygia Magalhães, Jairo P. da Silva, Sonia Oliveira, Helena Marinho, Evandro Limonges, Reinaldo Góes e Leonardo Maia. Janeiro de 1975. Direção de Wilma Barbiratto.

Sociedade de Moças da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro No centro a diretoria: Esther Silva Dias, Marilia Soren e Maria Helena Linhares, em 1957.

Coral Nicéa Soren, Dezembro de 1976. João Marcos Soren, regente e Sergio Presgrave, organista.

Missões Mundiais na PIBRJ, em Março de 1972.

O Coro do Centenário da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro prosseguiu atuando nos cultos no ano de 1985. Regente Eudora Pitrowsky Salles, organista Carmen Ballesteros e presidente Josué Pimentel.

Entre os diáconos, Pastor Soren encontrou grandes companheiros e amigos, como o médico Luiz de França Costa, secretário da igreja por algumas décadas.

Outro amigo pessoal de muitos anos do Pastor Soren foi o Diácono Manoel Corrêa Monteiro, tesoureiro da igreja por várias décadas. Uma das salas na PIBRJ recebeu o seu nome, prestando-lhe homenagem. Foto feita na ocasião.

Coral Eclésia em Dezembro de 1976. Regente Anna Campello Egger, Pastor João Filson Soren e organista Edson Elias.

Detalhe interior do estilo arquitetônico do templo da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

Coro Dominus fotografado em 1974. A primeira regente foi Sandra Moura, organista Muguet Rocha, acompanhados pelo Pastor Soren.

O Coro dos Juniores participava regularmente no tradicional Culto de Natal do dia 25 de Dezembro às 17:00 horas. Direção de Muguet Rocha Gonsalves. Solista: o menino Nantes. Foto do ensaio para o Natal de 1983.

Foto feita antes do Culto de Vigília em 31 de Dezembro de 1951. Pastor João Soren e os diáconos da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

A construção das dependências para Escola Dominical, sala de sessões, secretaria e gabinete, foi concluída nos primeiros anos de pastorado do Pr. João Soren. Vemos aqui o corredor situado atrás do Batistério.

No final do pastorado de João Soren o grupo de diáconos era mais de quarenta, assumindo diferentes missões na vida da igreja.

Coro Hosana. Foto documentando uma de suas primeiras participações nos cultos da PIBRJ. Regente Lygia de Magalhães Pereira, Pastor João F. Soren e esposa Nicéa. À direita, Zilda Kahl de Miranda, quem sugeriu o nome Hosana para o coro.

Visita do secretário da Junta de Missões Estrangeiras de Richmond Mr. Charles Maddry e esposa à PIBRJ, em 1936. Ao lado, Nicéa Soren e Pastor João Soren.

O Coro da PIBRJ atuou sob a regência do Dr. Arthur Lackschevitz (1901-1980) durante os anos de 1930 à 1944.

Professores da Escola Dominical da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, em maio de 1943.

Momento de culto na Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, durante o ano de seu centenário, em 1984.

O Coro do Centenário da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro participou em significativos cultos no ano das celebrações, em 1984. Paulo Velasco foi o regente, soprano Ruth Santos a solista e Amaru Soren o organista.

Cântico de hinos no culto matutino da PIBRJ, em janeiro de 1985. Nas primeiras filas os diáconos atuantes no periodo de pastorado de João Filson Soren.

O Tradicional Culto de Natal para as crianças da Escola Dominical era sempre realizado no dia 25 de Dezembro. Foto de 1947.

O Tradicional Culto de Natal para as crianças da Escola Dominical era sempre realizado no dia 25 de Dezembro. Foto de 1947.

Pastor João Soren contornado pelas Mensageiras do Rei, na época, sob a direção de Laura Góes do E. Santo e Ana Maria Brandão. O coro de meninas foi organizado pela regente Lygia de Magalhães Pereira e a organista foi Eliana Carlita Braga. 1975.

O Coral Nicéa Soren, sob a regência de Edson Elias, participou em um culto na Capela do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, em 1970.

Comemorações dos 100 Anos dos Batistas Cariocas 1884-1984. Membros de diversas organizações da PIBRJ participaram em um desfile na Avenida Presidente Vargas.

Momento de oração ao término das Comemorações de 100 anos dos Batistas Cariocas. Pr. João Soren, Pr. David Gomes e Pr. Joaquim Silva. Concluindo uma parada na Av. Presidente Vargas, o Coro do Centenário da PIBRJ cantou sob a regência de Saulo Velasco.

Conjunto Aulos. Foto com alguns músicos integrantes, após a participação em um culto vespertino em agosto de 1982. Direção de Amaru Soren.

Integrantes do Projeto L.M. Bratcher 1978, após o culto, antes de partirem em viagem missionária para Presidente Kennedy, no estado do Espírito Santo. Coordenador Lincoln A. A. Oliveira.

Conjunto Aulos. Músicos e diretoria no ano de 1985.

O Coro da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro. Culto com Cânticos de Natal em 26 de Dezembro de 1954. Natanael Mesquita foi o regente titular no período de 1954 à 1960. A organista Nicéa Miranda Soren foi atuante nos cultos da Igreja de 1934 à 1984.

Pastores Batistas encontram-se na PIBRJ em 1936. Sentados: Ismail Gonçalves (esquerda), Ricardo J. Inke, Lewis Malen Bratcher, Manoel Avelino de Souza, Waldemiro Zarro, João Filson Soren. Em pé: Francisco Medeiros Simas, W.W. Enete, William Edson Allen.

Pastor José dos Reis Pereira, Pastor João Filson Soren, Diácono Edgard Calmon, Enoy Nogueira, Thalia Soren e Daisy Calmon na Assembléia das Uniões da PIBRJ em 1971. A grande mesa em madeira maciça foi projetada pelo Pastor Soren e inaugurada em Dezembro de 1944.

Professoras da ESCOLA VITÓRIA no encerramento do Ano Letivo de 1968. Na 1ª. fila à esquerda Consuelo Oliveira Santos, Zelia Monteiro da Silva, Ilse Costa Nunes, Nicéa Miranda Soren (diretora), Ruth Monteiro da Silva, Conceição Oliveira Santos. Na 2ª. fila Neusa Araujo Tavares, Odete Moreira dos Santos, Gloria Lima Campos, Eneida Soares Ribeiro, Vilma Fraga. Na 3ª. fila Zilda Costa Viana e Nesi Araujo.

Culto Evangelístico durante as Comemorações do Centenário da PIBRJ em 1984. Pastor João Filson Soren recebendo os novos convertidos, ao púlpito o Pastor David Gomes, diante da estante de música o regente João Batista Genúncio.

O Coro da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro apresentou-se na TV TUPI, cantando um programa sacro no Show da Noite, em 1966. Regente Marilia Soren, solista soprano Ruth Santos e organista Leuzi Figueira.

Membros da PIBRJ, integrantes do Projeto missionário L.M. Bratcher, em agosto de 1982, atendendo aos índios Craô em Itacajá, Tocantins. À esquerda Dra. Lentina Lopes, entre os índios: Laura Góes do E. Santo, Eneida Soares Ribeiro, o coordenador Benjamim F. de Abreu, Anerí Mario Costa, Vera Riegger, Eliéu Santiago Jacinto, Lélio J. Arueira e Nelita Decotelli da Silva.

Departamento de Juniores da Escola Dominical, em 1940. No centro sentados, o Pastor João Soren e o Diácono Alexandre Paulo Klavin, diretor do departamento. Presentes na foto os professores da época.

Pastor Soren sempre foi um pastor de "tempo integral". De sua escrivaninha, no gabinete pastoral, acompanhava diariamente as atividades da Igreja.

 

O  CAPELÃO  SOREN

"...A guerra está ceifando vidas, vidas muitas, vidas preciosas.   Já alguns de nossos irmãos em Cristo deram o sangue, a vida, no cumprimento do sagrado dever que aqui vieram cumprir. Como Capelão, tenho contemplado quadros que outros olhos aqui não vêem e que estampam com imortal eloquência a bravura de nossos soldados.

Não permitirá, eu confio, a Providência Divina que seja vão o sacrifício heróico desses dignos filhos do Brasil, alguns deles nossos irmãos na Fé.            

O fim desta guerra deve trazer o fim de todas as guerras. Para isso, todavia, é necessário que vós e que todos, enfim, saibam o que é na realidade a guerra e que sejam informados sobre o tremendo caudal de miséria que acarreta."

Capelão João Soren, em 1944.
Capelão João Soren, em 1944.

Capelão João Soren, em 1945
Capelão João Soren, em 1945

Ex-Combatentes Brasileiros
Ex-Combatentes Brasileiros

Defensores da pátria amada em reunião da CONFRATEX.

Capelão João Soren, em 1944.
Capelão João Soren, em 1944.

1/9

                 Capelão J.F.Soren

   carta à Igreja em 4 de março de 1945

 

"...de Deus ministro,  

me revisto do poder do meu Senhor,

para servi-lo com todo ardor. "

Aliança Batista Mundial 10°. Congresso no Rio de Janeiro. Theodore Floyd Adams e esposa, presidente da Aliança até 1960. Fotografia tirada no dia da posse do presidente João Filson Soren, acompanhado de sua esposa Nicéa Soren.

European Baptist Conference in Amsterdam, Holanda em 16 de Agosto de 1964. Martin Luther King (2. à esquerda) João Filson Soren (1. à direita).

Seminário Batista Teológico do Sul do Brasil. Documento fotográfico da formatura da turma de 1955. Professores e Bacharelandos.

Partida para Londres em 1955 como orador oficial do 9. Congresso da Aliança Batista Mundial.

Recepção para Mr. Charles Maddry, secretário da Junta de Missões Estrangeiras de Richmond, responsável pela implantação do trabalho batista no Brasil. Rio de Janeiro em 1936.

Culto em Ação de Graças promovido pelos aspirantes evangélicos do C.P.O.R. de São Paulo, na Igreja Presbiteriana Unida, em 17 de agosto de 1952, sendo pregador da solenidade o Pastor João Filson Soren.

Foto tirada após o Culto em Ação de Graças promovido pelos aspirantes evangélicos do C.P.O.R. de São Paulo, na Igreja Presbiteriana Unida, em 17 de agosto de 1952, sendo pregador da solenidade o Pastor João Filson Soren.

Amizade profunda e admiração mútua. Missionário Pr. Antônio Maurício e Pr. João Filson Soren, Reitor do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil em 1970.

Campanha Nacional de Evangelização Ano1965, Maracanã, Rio de Janeiro

Campanha Nacional de Evangelização Ano1965, Maracanã, Rio de Janeiro

Pastor Soren recebe o Título de Doutor em Divindades. Solenidade na PIB-RJ em 1955. Pastor Dr. Page Kelley e Ben Oliver, Reitor do STBSB. Duas instituições norte-americanas conferiram-lhe os títulos de Doutor em Divindades D.D., em 1955 Georgetowm College, e Doutor em Direito L.L.D., William Jewell College, em 1960.

Pastor Soren sendo homenageado com o prêmio Arthur Lakschevitz "Amigo dos Músicos do Brasil" na 71ª. Assembléia da Convenção Batista Brasileira em Belo Horizonte, em 25 de janeiro de 1990. À esquerda, Clint Kimbrough, Ossimar Martins, Westh Ney Rodrigues Luz, João Filson Soren e Marcílio Oliveira.

Diretoria da Sociedade Biblica do Brasil, em 14 de Abril de 1948, após reuniões estruturais para o projeto de publicação da 1ª. tradução brasileira da Bíblia.

Sociedade Biblica do Brasil em Culto Gratulatório no templo da Primeira Igreja Batista do RJ, em 1948, quando editada a 1ª. tradução brasileira do Texto Sagrado.

Homenagem da igreja pelos 40 anos de pastorado, em janeiro de 1975. Diácono Manoel Monteiro, Profa. Nicéa Soren e Pastor João Soren.

 

EM FAMILIA

Pastor Soren e seu primeiro neto, Amaru, em Janeiro de 1962.

Quatro gerações: Jane, a mãe de João Filson Soren, no centro sentada. A esposa Nicéa, a filha Marilia e a neta Suray; no Natal de 1966.

Momentos felizes no Natal de 1973. Pastor Soren entre os netos, sentada ao fundo a filha Marilia.

Pastor Soren e o recém-nascido bisneto Richard em 1997.

Pastor João Filson Soren acompanhado dos bisnetos Stephanie e William, no santuário da PIBRJ. Uma das últimas fotos do tão amado pastor, que foi ao encontro de seu Senhor em 2 de janeiro de 2002.

João Filson Soren e Nicéa Miranda Soren em 24 de Dezembro de 1934

A primeira filha do casal Soren recebeu o nome de Marilia de Miranda Filson Soren (1935-2007).

A esposa Nicéa e o segundo filho do casal, Cláudio, em 1940. Foto feita no jardim de entrada do Colégio Batista na Rua Conde de Bonfim, RJ.

João Marcos Soren, sorridente filho, ao lado de seu pai João Soren.

Festejando 40 anos de casamento. A torta foi um carinhoso presente de Odiléa Rodrigues e José Rodrigues

Os filhos: Cláudio, Marilia e João Marcos, com os pais João Filson Soren e Nicéa Miranda Soren, no Natal de 1979.

João Soren aos 77 anos de idade e esposa Nicéa Soren, no Natal de 1985

Pastor Dr. Francisco Fulgêncio Soren (1869-1933), o pai de João Filson Soren.

Jane Filson Soren (1877-1969), a mãe de João Filson Soren.

O jovem João Filson Soren ao lado de seu pai Pastor Dr. Francisco Fulgêncio Soren, em 1926, antes de partir para estudar nos Estados Unidos.

Pastor F.F. Soren com sua esposa Jane Filson Soren e filhos. Ao centro Francisca, na cadeira João, no colo da mãe, Virgínia, e no colo do pai, Edgar. Rio de Janeiro em 1914. Os filhos Loyd e Jayme não eram ainda nascidos.

O menino João inaugurou o primeiro uniforme adotado no Colégio Batista do Rio de Janeiro.

O adolescente Joāo queria preparar-se para ser missionário entre os índios no Mato Grosso. Deus teve outro plano para a sua vida.

João Filson Soren, antes de sua partida para o Southern Baptist Seminary, Louisville, E.U.A. A foto contém uma dedicatória de amor a sua futura esposa Nicéa.

A esposa Nicéa Miranda Soren (22 de junho 1910 - 14 de maio 1990). A "Nicky" muito amada.

Pastor Soren pode sempre contar durante o seu ministério, até 1969, com a companhia e colaboração de sua mãe Jane Filson Soren. No centro a esposa Nicéa.

 

 

"...Finda a lida aqui, para a Glória irei

  Na presença de Cristo o Rei.

  Removido o véu, com Jesus no céu

  Sua mão sempre me conduz."

 

 

Hino: A MÃO QUE ME CONDUZ, letra de J.F. Soren